brand viagra">viagra brand
 

Seu Blog

Filhota, várias vezes refleti sobre esse blog que escrevo pra você. Quanto é essa exposição? Bem, o objetivo do blog, desde o início, foi escrever sobre seu desenvolvimento, aventuras, conquistas, no momento da sua vida que dificilmente você irá se lembrar. Aí algumas pessoas perguntam, mas se é esse o objetivo, porque não faz algo fechado? Eu também me perguntei porque, e não achei uma razão para fazer algo fechado. Tem muita gente neurótica com privacidade por diversas razões, muita gente apenas tímida, mais fechada, outras exageradamente abertas, que expõe sua privacidade de um modo que eu realmente não concordo, mas cada um vai até onde lhe incomodaria se passasse, isso é fato. Por exemplo, eu coloco alguns vídeos seu, fotos, conto histórias, tomando o devido cuidado que eu julgo simplesmente pelo que sinto. Tomo o cuidado de não revelar o nome da escola onde você frequenta, nem publico fotos onde você aparece de calcinha, ou sem camisa. Pra alguns pode parecer exagero, mas eu vou até onde me sinto bem e minha consciência não pesa, e por enquanto pra mim, essa medida está boa. Acho que muitos pais adoram saber como é com as outras crianças, eu adoro ver blog de outros da sua idade, por isso pra mim isso é só incentivo, mas confesso que muitas vezes já pensei a respeito e me surgiu a dúvida de continuar ou não.

Semana passada, aconteceu algo que além de me deixar triste, me fez pensar, “Ufa ainda bem que tem o blog da Luna”. Uma colega de uma colega da mamãe, que tem um filho da mesma idade que você e acabou de ter uma bebezinha, morreu, voltou lá com o papai do céu. Apesar de 4 anos parecer muita coisa, afinal eu e você já temos inúmeras histórias para contar, e momentos maravilhosos juntas, quando você crescer, pouca coisa desses anos ficarão na sua memória, e se por acaso se lembrar de alguns momentos com a mamãe, seriam muito poucos.  Quando soube desse caso, fiquei pensando essas besteiras, e imaginando como você adoraria ler o que sua mamãe pensava, o que fazíamos, e o que eu diria sobre sua infância, e nada melhor do que escrever, pra imortalizar.  Eu sempre adorei as histórias que sua vovó contava sobre mim quando pequena, e como isso faz MUITO tempo, não tínhamos filmadora, então ela gravou uma fita cassete  (um dia também te explico o que é essa antiguidade) com a minha voz.. Perdi as contas de quantas vezes eu ouvi, e quantas vezes mostrei para os amigos e para seu papai. Poderemos falar que algo em comum tivemos na nossa infância, fomos super tagarelas e teimosas 🙂

One Response to "Seu Blog"

  1. Oi Mônica, acompanho seu blog a uns 5 anos, e acho muito bacana seus post! Ainda não tenho filhos, mas sei q quando os tiver farei o mesmo, pois como sou da geração net acho importante esta transparência q ue tem de seus filhos e idéias! Mas suas palavras me fez refletir como filha, seria muito bom ter um blog das coisas q fazia quando criança e mais ter uma mãe q se preocupa em contar as histórias de seus filhos é muito bom nem todas se preocupam com estes detalhes, q faz toda a diferença na fase adulta!

Leave a Reply

Or

Your email address will not be published. Required fields are marked *